Casado, do Uber para cama!




By Marcos


Sou casado, moreno claro, 1m80, 71kg, nascido e criado no Rio de Janeiro, onde já completei 38 anos e sou casado.
Adoro mulheres, mas também gosto de viver e acabo procurando algo diferente e o pior, sempre acho.
Já tive uma experiência com um cara casado, onde até mesmo fui passivo dele durante um tempo..., saímos algumas vezes, porém o mesmo se mudou para SP e ficou difícil, apesar de ele já ter vindo ao Rio só para me pegar, mas vamos aos fatos....
Sou comerciante e nas horas vagas também trabalho como motorista da Uber aqui no Rio e, numa dessas viagens com passageiros, aconteceu algo bem diferente, coisa que me fez levar a dar de novo...
Um passageiro me cantou..., peguei ele numa rua da Tijuca-RJ e iríamos para o Centro, porém devido ao trânsito, ficamos engarrafados um bom tempo.... Ele tinha +- 1,90,de barba, normal..., ficamos conversando sobre tudo e o assunto chegou ao sexo..., nada demais..., ele contou que era separado, que tinha um filho, e contou também um pouco da sua vida e eu também..., disse que era casado, que tinha filhos etc..., e numa certa hora, ele me perguntou se já tinha saído com algum cara, putz, no ato, fiquei surpreso pela pergunta e disse que não..., mas ele insistiu..., e disse que já tinha saído com um casado, que eram os melhores, pois davam com vontade, davam sem medos ou rodeios...
Ri daquela história, mas ele insistia, e perguntei o porquê da insistência, e ele disse que tinha me achado interessante...
Cara, ele estava me cantando na maior..., e eu quis dizer a ele para descer, mas instintivamente, meu corpo dava sinais de tesão e, numa dessas perguntas, olhei para trás e percebi que ele era bem grandão..., um cara alto..., eu também sou alto e magro e dei uma olhada para suas pernas grossas, que apesar da calça jeans, podiam ser imaginadas....
Ele percebeu meus olhares e me pediu para ir pro banco da frente..., achei estranho, mas o passageiro tem sempre razão....
Então estacionei e ele veio se sentar a meu lado e puxou papo de novo..., agora falando que eu era bonito, e que se ele pudesse, me transformaria numa menina...
Fiquei puto, mas como disse também com tesão..., e ria somente do que ele falava..., e ele insistiu tanto, que acabei dizendo que já tinha saído com um cara..., e ele ficou doido e começou a me perguntar tudo...
Não respondi, mas ficamos nesse joguinho um tempão..., e ele me contou suas aventuras de ativo e claro, começou a rolar algo ali no carro...
Ele então, me disse que estava com o pau duraço, só de pensar naquilo que ele fez com outros caras..., e me olhando firme, me disse:
-Olha só, como você me deixou?...
E apertando seu pau, ria... Eu dei um sorriso meio sem jeito, mas o tesão era nítido..., meu olhar foi direto para o pau dele..., ele percebendo, pegou minha mão e quis colocar sobre ele..., claro, recusei de imediato, mas ele insistia....
Levou minha mão até ele..., e senti sua jeba dura..., meu corpo e minha respiração me entregaram..., ri de novo, e ele respirava ofegante enquanto eu segurava, por cima da calça, o seu pau...
Apertei ele durante um tempo..., soltei um nossa..., e ele ficou doido...
E no atoe, ele me disse:
-Quero que você seja minha..., vamos para minha casa?
A partir dali, comecei a conversar com ele sobre toda minha experiência, que tinha tido com um cara casado..., e ele enlouqueceu, me queria de qualquer maneira..., e comecei a imaginar ele em cima de mim..., grandão daquele jeito, 1,90 de homem..., e meu tesão me entregava...
Voltamos para o seu prédio e subimos para o seu apartamento, onde ele morava sozinho, coisa que facilitava tudo..., ele queria tomar um banho e eu também...
Ele foi primeiro, depois eu fui e quando saí do banheiro, ele me chamou até ao quarto. Eu estava só de toalha..., e ele de cueca box..., com um pau que parecia delicioso...
Ele fechou a porta..., ligou o ar condicionado e veio em minha direção. Não falávamos nada, e ele me apertou contra a parede e me beijou...
Gente do céu, foi um beijo forte, onde sua língua brigava com a minha, e descendo pelo meu pescoço chegou nos mamilos, que eram meu ponto fraco, e eu gemia baixinho, apertava sua bunda e passava a mão pelas suas costas..., ele respirava forte....
Ele foi descendo e me virando, tirou minha toalha e ficou doido..., tenho uma bundinha não muito grande, mas ela é bem bonita, toda arrebitadinha, lisinha..., minhas costas também são lisas..., e ele me disse que nunca tinha visto uma bundinha tão linda..., sorri..., e ele beijou e mordiscou ela um tempão...
Sua língua passeava por ela..., eu gemia apenas..., e o meu pau duraço e ele me lambendo..., ele parou e ficando novamente em pé, começou a passar a mão pelo meu corpo todo, e eu senti seu pau atrás de mim, todo duraço, e suas mãos passeavam pelos meus mamilos, na bunda, nas costas, e eu apenas gemia de tesão...
Teve uma hora que me virei e beijando forte ele de novo, fui descendo pelo seu pescoço, mamilos, barriga e seu pau pulsava..., eu me abaixei e fui tirando aquele pauzão lindo, cabeçudo..., cheiroso..., com veias fortes... Puta que pariu, um pau lindo mesmo...
Comecei passando minha língua na chapeleta..., depois nele todinho, e agora, era ele que gemia..., me pedindo para chupá-lo gostoso...
E eu mamei com gosto naquela jeba, quase que por uma meia hora, sem parar..., nossa, ele me levou para a cama..., abriu minha bunda e chupou meu cuzinho, um tempão...
Ele queria me comer de 4..., mas eu pedi para ele deitar de pau para cima, e fui descendo bem devagarinho nele..., ele me beijou e aos poucos, meu cuzinho foi sendo invadido por aquela pica...
Gente do céu, como é gostoso dar o cu, até me arrepio, quando lembro de uma coisa dessas... ficamos um bom tempo parados, e eu comecei a cavalgar bem devagar. Não vou negar, doía muito, mas aos poucos, a gente vai relaxando, relaxando e a dor vai passando, dando lugar ao prazer, e ele sempre me beijando..., cavalguei um tempo, pulava em seu cacete e ele gemia..., queria de 4, e eu me posicionei e pude sentir ele todo..., parecia que ia me rasgar, ele gemia tão gostoso, falando que eu era um tesão, e que tinha uma bunda linda, e modéstia à parte, ela é branquinha e lisinha, bem como também minhas costas inteira e, por isso, acho que deu mais tesão...e depois de um tempão, e pedi pra ele vir por cima de mim...
Ele todo grandão, nossa, eu sentia ele fundo, quase me sufocando com seu tamanho..., gozei forte, segurando sua bunda e empurrando ele para dentro de mim...
Eu me abria todo e ele metia..., gozei sem tocar no meu pau..., e ele meteu um tempo e tirou rápido seu pau, e eu pude sentir todo seu gozo em cima de mim..., ele urrava...
Depois, me chamou pra um banho..., nos beijamos muito no chuveiro e seu pau estava duro de novo, onde mamei um tempo e ele me virou e queria meter novamente, mas não dava pela posição, e eu pedi para sentar no vaso e desci olhando pra ele..., beijando aquele macho..., ele segurava minha bunda e passava a mão pelas minhas costas e mamava meu mamilos, gozei forte de novo, e ele me levando para a cama, ficou por cima de mim e meteu um tempão, me colocando de ladinho e metendo como um doido..., me beijando as costas, eu sentindo ele todinho dentro da minha bunda..., ele urrou de novo e gozou forte, enchendo minha bunda e costas do seu leite quente.
Ficamos ali, namorando ainda por mais umas duas horas..., ele perdeu seu compromisso e eu ganhei um amante...
Acho que saí no lucro!


Comentários

Postagens mais visitadas