Vingança da Mulher, cujo marido cancelou seu Cartão de Crédito!






By Rose / ModFant



Eu estava numa loja chiquérrima, com minhas amigas da alta sociedade quando me decidi por um vestido careséssimo, mas lindo! Após tudo empacotado dei meu cartão VISA Platinum Plus do Itaú Personalité para a moça do caixa, com minhas amigas olhando a facilidade com que eu detonava aquela grana e adivinhando como era rico (e não era tanto assim), o meu maridinho.

Eis que a moça do caixa, me vem de volta dizendo na frente de todo mundo que o meu cartão tinha sido C a n c e l a d o, pelo meu marido!

Minhas amigas começaram a rir de mim e isso, me enfureceu ainda mais. Voei para casa no meu Fiat Uno 1999, caindo aos pedaços pois o veado do Adalberto, sempre prometia, mas nunca trocava minha lata velha.

Pensei: Bem, agora passou dos limites... Ah, passou... Vou aprontar com este corno. Deixa estar...

Como eu sei que ele gosta de comer meu cuzinho às 4ª feiras e era justamente naquele dia, resolvi lhe fazer uma surpresa e deixar meu cu beeemmm largo, para o otário, sentir o pau bem bambo lá dentro e não mais, apertadinho como ele gostava.

Liguei para o meu “personal trainer”, um negro alto bonito e certamente dono de uma pica bem grossa e grande, pois isso se lhe acentuava no short, e perguntei se não poderia ter a aula particular em casa mesmo. Ele disse que sim..., e então, marcamos para uma hora, antes do futuro próximo corno chegar!

Fui tomar um banho de pétalas, me perfumei bem, e passei KY, bem lá dentro do meu cu, e aguardei o Jorge, meu personal. Quando ele chegou, eu já estava de short e camiseta, mas sem calcinha por baixo. Propositalmente não usei as malhas de ginástica que normalmente uso, para ele poder olhar pelas bordas do short.

Enquanto fazia o alongamento pedi a ele para segurar minhas coxas para eu forçar um movimento e cheguei mais pra junto dele. Assim sem querer, as mãos dele entraram pelo meu short a dentro e encontraram..., nada..., nenhuma calcinha e sim, apenas uma bocetinha já úmida.

O carinha, que não era bobo, entendeu logo o que eu queria... acabamos nos beijando e rapidamente, estávamos sem roupa... Ele me chupou e me fez chupar seu enorme caralho negro, que é infinitamente mais grosso que o do Adalberto.

Até mesmo, eu comecei a ficar com medinho, mas disse ao Jorge que na frente, era só do maridão e que eu só poderia colaborar com o nozinho de trás... Ele pediu para olhar e disse que não era nozinho, mas sim, uma linda cornetinha rosadinha... E pôs-se a lamber meu furinho... Uuhum como ele fazia isso, bem gostoso!

Para não perder tempo, fiz ele se deitar com aquele mastro para cima e me sentei de cu na rolona dele, para que eu mesma controlar a enrabada.

O pau daquele cara era enorme, e até mesmo, poderia me furar as tripas por dentro se eu não tomasse cuidado. Ardeu bastante para entrar, mesmo com vaselina, mas depois que entrou, foram só alegrias...

Olha..., nunca pensei que eu fizesse isso, mas eu não só sentei, como rebolei bastante, para poder dar uma alargadinha no parquinho de diversões do meu corninho e, então, o Jorge me pediu para eu me botar de quatro, mas eu disse que preferia chapada na cama. Ele não se fez de rogado e foi assim que a garotinha aqui apanhou no rabo até não poder mais.

Ele ainda me virou de ponta cabeça e me botou no cu assim, sem defesa. Começou a gozar no meu cu e senti a porra começar a escorrer, mas eu queria também na boca, e ele jorrou o resto (e que resto!), do leite, diretamente na minha cara e na minha boca.

Mandei ele logo embora e quando o Adalberto chegou, eu ainda nem tinha lavado a cara, e nem o cu, mas logo chamei o corno logo para cama e fiquei de quatro, pedindo a ele para me lamber o cu, me dar um beijo e só então me enrabar. Ele achou o gosto estranho (acabou bebendo a porra do negão..., (Risos) e quando entrou o pau, ele disse:

- Vige nossa senhora..., mas o foi que entrou aqui? Um trem?

- Foi não, querido! Foi o representante do Visa, dizendo que eu estava devendo umas coisinhas para liberar de novo o cartão...

Corno filho da puta...

Se gostaram do meu conto, comentem, que eu escrevo outras aventuras minhas, fazendo meu marido ainda mais corno, pois este merece.

Beijocas da Rose

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas